Arte Fenícia - Colunas da História
Capa História da Arte Arte Fenícia - Colunas da História
Arte Fenícia - Colunas da História E-mail
História da Arte
Escrito por Raí T. Rio   
A Arte Fenícia refere-se à expressão artística dos Fenícios, um povo semita do mundo antigo. Sua origem é desconhecida, mas se estabeleceu na Fenícia (região mediterrânea correspondente hoje ao Líbano, Síria e Israel) por volta de 3000 a.C. Os Fenícios eram altamente civilizados, dado que inventaram um sistema de escrita anterior ao alfabeto moderno e eram hábeis comerciantes marítimos, chegando a fundar colônias através do Mediterrâneo, principalmente Cartago.
Arte Fenícia - Colunas da História
Os fenícios atingiram o auge do poderio entre 1200 e 800 a.C., mas foram conquistados pelos Persas no século VI a.C. Sua arte mais típica é representada nos escaravelhos de jaspe verde, encontrados principalmente nos cemitérios cartagineses da Sardenha e de Ibiza. No período helenístico, destacaram-se na confecção de sofisticados sarcófagos de mármore e ficaram famosos como artistas e artesãos, mas poucos trabalhos em larga escala sobreviveram até nossos dias. No entanto, graças à sua atividade mercantil, os pequenos artefatos chegaram a se difundir pelo mundo mediterrâneo, muitos deles encontrados em escavações. Sobressaíram-se também na confecção de objetos de luxo, como jóias, estatuetas, garrafas de vidro e alabastro, caixas de marfim e recipientes de bronze.
Arte Fenícia - Colunas da História
Os fenícios viajaram muito devido á prática do comércio e por isso a sua arte é muito influenciada pela cultura de outros povos. Um bom exemplo é a arte funerária: usaram túmulos precedidos de um corredor, de típica influência micênica. Alguns foram decorados com motivos egípcios e outros ainda, assemelham-se a templos gregos.  Os trabalhos em marfim (pentes, estojos, estatuetas etc) e em metal (cobre, ouro, prata e bronze - objetos santuários, jóias de alto valor, moedas etc) constituíram uma das atividades artesanais mais apreciadas pelos fenícios, assim como o mobiliário doméstico. Estes objetos eram decorados com cenas do cotidiano e motivos animais; eram representações bastante naturalistas e realistas.
Arte Fenícia - Colunas da História
Na arquitetura, os fenícios são lembrados pelos templos com grandes pátios e altar principal. Nesta arte, são comuns elementos decorativos como colunas, estátuas e estelas. Devido ao pouco espaço territorial, os fenícios criaram obras que se pautaram pela verticalidade. As cidades fenícias eram cercadas por muralhas. Os bairros possuíam casas com vários pavimentos, uma zona portuária, templos e o palácio do príncipe local.
 
Banner

Banner